top of page

DOR NO PÉ DA BARRIGA: Pontada no pé da barriga na gravidez, é normal?

Atualizado: 14 de set. de 2023



Durante a gravidez, as mulheres podem experimentar sensações de pontadas no pé da barriga, que podem variar em intensidade e localização. Essas pontadas podem ocorrer em diferentes estágios da gestação devido a diversas causas. Neste artigo, vamos explorar mais detalhadamente as razões por trás dessas pontadas, abordando tanto o início quanto o terceiro trimestre da gravidez.



Pontadas no início da gestação:

Durante as primeiras semanas de gestação, as pontadas podem ser atribuídas ao estiramento dos tecidos e ligamentos à medida que o útero se expande para acomodar o crescimento do embrião. Essas pontadas costumam ser leves e geralmente desaparecem à medida que o corpo se ajusta às mudanças.



Pontadas no terceiro trimestre:

No terceiro trimestre, as pontadas no pé da barriga são mais comuns devido ao aumento do peso e da pressão exercidos pelo bebê em crescimento. À medida que o útero se expande para acomodar o feto em desenvolvimento, o peso do bebê, da bolsa com líquido amniótico e da placenta coloca pressão adicional no assoalho pélvico e nos músculos abdominais. Isso pode levar a sensações de pontadas e desconforto ao se movimentar.


Estiramento dos tecidos musculares e ligamentos:

Ao longo da gravidez, os tecidos musculares e ligamentos que sustentam o útero e o assoalho pélvico sofrem estiramento progressivo. Esse estiramento é necessário para acomodar o crescimento do bebê e preparar o corpo para o parto. À medida que esses tecidos se alongam, as mulheres podem sentir pontadas no pé da barriga, como uma fisgada ou sensação de queimação. Essas sensações podem ser mais pronunciadas durante movimentos rápidos ou atividades que colocam pressão extra na área abdominal.


Dor no osso pélvico e contrações de treinamento:

Algumas mulheres grávidas podem experimentar pontadas ou dores no osso pélvico, conhecido como sínfise púbica. Essa dor pode ser causada pela ação do hormônio relaxina, que relaxa as articulações pélvicas em preparação para o parto. Além disso, é importante diferenciar as pontadas normais das contrações de treinamento, também conhecidas como contrações de Braxton Hicks. Essas contrações irregulares e não dolorosas ajudam a preparar o útero para o trabalho de parto, mas geralmente não indicam o início real do trabalho de parto.



Sinais de trabalho de parto a serem observados:

É importante estar atenta a outros sinais de trabalho de parto, que podem indicar o início real do processo. Esses sinais incluem:


- Contrações na barriga, dor no pé da barriga e dor na região lombar;

- Contrações regulares e persistentes, com intervalos de tempo consistentes entre elas;

- Aumento gradual da intensidade das contrações ao longo do tempo;

- Rompimento da bolsa amniótica, com vazamento ou jorro de líquido amniótico claro ou tingido de verde ou marrom;

- Sangramento vaginal, que pode ser sinal de descolamento da placenta ou outra complicação;

- Pressão pélvica constante ou sensação de que o bebê está empurrando para baixo;

- Alterações na atividade fetal, como diminuição dos movimentos ou padrões incomuns.


É fundamental entrar em contato com o médico caso ocorra algum desses sintomas, pois pode ser necessário avaliar o progresso do trabalho de parto e tomar as medidas apropriadas para garantir a saúde da mãe e do bebê.


Infecção urinária na gravidez:

A pontada no pé da barriga também pode ser um sintoma de infecção urinária. Durante a gravidez, as alterações hormonais e o aumento do volume sanguíneo podem tornar a mulher mais suscetível a infecções do trato urinário. A infecção urinária não tratada na gravidez pode ser grave e levar a complicações, como parto prematuro e infecção do trato urinário superior. É essencial procurar atendimento médico se a mulher apresentar os seguintes sintomas:

  • Dor ou pontada persistente no pé da barriga.

  • Sensação de queimação ao urinar.

  • Aumento da frequência urinária.

  • Urgência em urinar.

  • Urina com odor forte ou turva.

  • Presença de sangue na urina.

  • Febre ou calafrios.

A infecção urinária requer tratamento com antibióticos seguros para a gestação. Portanto, é fundamental buscar orientação médica assim que os sintomas forem percebidos.

As pontadas no pé da barriga durante a gravidez são frequentes e geralmente causadas pelo estiramento dos tecidos e ligamentos, pelo aumento do peso e da pressão exercidos pelo bebê em crescimento e pelas alterações hormonais. É importante diferenciar as pontadas normais das contrações de treinamento e estar atenta aos sinais de trabalho de parto. Se houver dúvidas ou preocupações, é recomendado entrar em contato com o médico para uma avaliação adequada.


 

As pontadas no pé da barriga durante a gravidez podem ter diversas causas, como o estiramento dos tecidos e ligamentos, o aumento do peso e da pressão exercidos pelo bebê em crescimento. No entanto, é importante estar atenta, pois em alguns casos, a pontada no pé da barriga pode ser um sintoma de infecção urinária, o que requer atenção médica adequada. Se houver dúvidas ou preocupações, é recomendado entrar em contato com o médico para uma avaliação e tratamento adequados.

Espero que tenha te ajudado com essas informações do nosso site Boa Gravidez e incentivamos você a explorar nossos outros artigos sobre cuidados durante a gravidez, saúde do bebê e maternidade. Temos conteúdos úteis e atualizados, focados na saúde e no bem-estar da gestante e do bebê. Continue nos acompanhando para obter informações confiáveis e seguras.

72 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page