O que você está procurando?

podcast-4.png

To play, press and hold the enter key. To stop, release the enter key.

25 coisas que ninguém te conta sobre o pós parto




1. ADMIRAÇÃO PELA SUA MÃE, já no trabalho de parto você sentirá uma enorme emoção e virá em sua mente: "coitadinha da minha mãe, puxa quanta dor eu fiz ela passar em meu nascimento". Nascerá em você uma enorme admiração pela sua mãe. Então, agora você compreenderá o amor incondicional que sua mãe sente por você!

2. AFETIVIDADE COM O BEBÊ, você assiste em novelas e filmes que o primeiro contato do bebê com a mãe é surreal, lindo e emocionante. Mas a realidade pode ser oposta, no seu primeiro contato com o seu bebê você pode ter um rápido pensamento em sua mente, "nossa quem é você!" Fique calma, não fique triste pensando "puxa eu ainda não amo meu filho” calma, aos poucos você irá desenvolver um lado afetivo que nunca mais esse pensamento perturbará sua mente, fique calma você está passando pelo processo de adaptação com o filho.

3. BARRIGA, se você pensa que após o nascimento do seu bebê, aquela barriga enorme irá desaparecer "da noite para o dia", você está enganada! A barriga pode demorar de 6 meses a um ano para voltar ao estágio original, daí você olha o Instagram de um famoso e se pergunta, "mas olha ela, acabou de ter o filho e já está exibindo a barriguinha chapada... " bom não queira se comparar, pois, cada metabolismo é diferente. Sem contar que talvez essa famosa está tendo um acompanhamento caríssimo com nutricionistas, academia... Mesmo assim lembre-se que você está de dieta e o período de puerpério é sagrado.

4. PUERPÉRIO É SAGRADO, O tempo de resguardo é de 40 dias a 45 dias para algumas mulheres… Evite fazer muito esforço, como limpar a casa... a sua alimentação também deve ser diferenciada, mas é claro, não precisa ficar só tomando aquelas sopinhas "aguadas", você precisa se alimentar muito bem, pois está amamentando. Use alimentos corretos, pois em muitos casos a alimentação pode interferir no leite materno causando fortes dores intestinais do recém-nascido, devido o seu intestino ainda ser imaturo. Por isso que, entra aqui a importância da mãe continuar a suplementação, pois, por mais que a mãe tenha uma alimentação super balanceada, o corpo ainda necessita de um pouquinho há mais. Por exemplo:. Sulfato Ferroso, é muito importante, pois a mãe perdeu muito sangue ali no parto cesárea ou parto normal, e agora no puerpério ela precisa repor o ferro em seu corpo, pois a falta de ferro poderá causar cansaço extremo, tristeza, anemia.

5. SANGRAMENTO, "o sangramento parece que não tem mais fim!" Para mulheres que tiveram o parto cesárea os médicos já fazem uma pré- limpeza interna, então o sangramento será menor, mas para as mulheres de experiência ao parto normal o sangramento pode durar até 40 dias, ou seja, todo o tempo de resguardo.

6. AMAMENTAÇÃO, fissuras nos seios, dor insuportável, a pega do bebê errada pode causar lesões sérias no bico do seio. Mas qual é a pega correta? 1. A boquinha do bebê precisa pegar grande parte da auréola do seio e não apenas o bico. 2. O queixo do bebê precisa encostar no seio. 3. O nariz do bebê não pode encostar nos seios. 4. Use a almofada de amamentação, pois te ajudará a perfeita pega do bebê. Não menospreze a boquinha do seu amado bebê, pois, ele nasceu com o instinto necessário para se alimentar, pois ele sabe que a pega correta é o seu maior meio de sobrevivência. Ele suga com muita força, e se, seu seio estiver lesionado sentirá fortes dores. Quando você escuta o seu bebê chorando, que acabou de acordar, você já fica assustada..., aí socorro está na hora da tortura de amamentar. As dores são realmente muito fortes, parece um novo parto. Você nem tem vontade de colocar sutiã, dói quando você toma banho. Bom, mas tenho duas boas notícias para você! 1. Existe uma pomada para a amamentação LANOLINA, algumas são até comestíveis, e ajuda cicatrizar mais rápido. 2. Com o uso da pomada na segunda semana, seus seios já não estarão tão sensíveis.

7. SEDE INFINITA, devido à amamentação, seu corpo está desesperado para produção do leite materno e seu organismo está tirando água de todo o lugar para suprir a demanda do hormônio prolactina, com isso você sentirá uma sede insaciável terá vontade de colocar a boca na torneira de tanta sede.

8. PEITO SUPER CHEIO, muitas mulheres terão os seios empedrados, geralmente ocorre quando há um esvaziamento incompleto das mamas e, um bom tratamento caseiro para a mama empedrada é colocar o bebê para mamar a cada duas ou três horas. O problema é que um bebê recém-nascido não consegue esvaziar por completo as mamas e com isso, quem sofre é a mãe com fortes dores nos seios. E mesmo como os seios "lotadinhos" de leite ao ponto de estar vazando, ela sente uma sede incontrolável.

9. PONTOS PERÍNEO OU BARRIGA "Ah! eu vou escolher o parto normal, pois não tem pontos"... em muitos dos casos tem sim! E são bem doloridos! Bom, vamos lá! Os pontos do períneo se dissolvem ou caem sozinhos em 7 dias. Mas a mulher deve se atentar muito a higienização correta, para evitar inflamação no local e assim agravar mais ainda a dor. Devido a isso você sentirá medo em evacuar... medo em romper os pontos e depois higienizar, como isso ficará enfezada, mal-humorada. Neste caso opte por um laxante. Já no parto cesárea a mulher terá medo de andar reta, ficará com medo de romper os pontos…andará arcada.

10. HEMORROIDA, poucas pessoas falam sobre isso! Mas devido à pressão no momento da expulsão do bebê o anus também é afetado, apresentando umas bolinhas que você não tinha antes... bom, neste caso você deve conversar com o médico para lhe prescrever uma pomada ideal para você tratar a hemorroida. Em alguns casos a hemorroida desaparece sozinha, e em outros casos a mãe precisará tratar corretamente com a pomada.

11. GASES, isso é bem deselegante, mas é necessário. Isso acontece, pois os órgãos estão voltando no lugar e esses movimentos internos podem causar uma série de gases, principalmente em mulheres que tiveram cesárea isso será mais comum.

12. COTO UMBILICAL, na hora da limpeza, é preciso cuidado e delicadeza ao levantar o coto umbilical para limpar com álcool 70. Deve-se retirar bem as secreções que acumulam em volta do umbigo. O coto umbilical poderá levar entre 7 a 15 dias para cair. Os cuidados de higiene devem acontecer desde quando o bebê nasce, quando o umbigo cai e alguns dias depois da queda do umbigo também.

13. CHORO E CÓLICAS DO BEBÊ DE MADRUGADA, O bebê recém-nascido chora bastante, isso é normal você precisa estar preparada emocionalmente e fisicamente para isso, pois lembre o choro é a única forma de linguagem que o bebê tem para expressar uma fome, um desconforto na fralda, dores intestinais... Então será bem comum você ver amanhecer com o seu bebê no colo… por isso a ajuda do seu parceiro é muito importante para estar dividindo a carga de exaustão. Combinem uma noite o bebê é de um e na outra noite o bebê é de outro. Assim cada um vai treinando o ouvido, para atender o bebê na madrugada. O ser humano tem estágios de sono para reparar todas as células do corpo. E o horário em que chegamos no sono mais profundo é depois de 3 horas de sono, e o bebê acorda a cada 3 horas... então é bem complicado essa primeira fase do bebê.

14. CANSAÇO, FÍSICO E EMOCIONAL, é normal a mãe se sentir cansada, com dores nos braços, coluna no momento de cada troca de fralda em cima da cama, falta de sono poderá te enlouquecer e mexer muito com o seu emocional.

15. BAIXO LIBIDO - SEXO NO PÓS PARTO. Durante o resguardo não é recomendado a mulher manter relação sexual, pois o útero, canal vaginal ou cesarea, precisa de uma pausa para se recuperar completamente e desta forma evitar infecções.


Com tudo, ainda a mulher não tem à libido. O desejo sexual da mulher fica prejudicado no puerpério, pois o organismo está fazendo um grande esforço para produção do leite materno.


O resguardo é um projeto de Deus, bem orquestrado, veja:

O hormônio prolactina, responsável na formação do leite materno inibe a ovulação, logo se não há ovulação não há período fértil, se não há período fértil, a mulher tem baixo desejo sexual. O organismo da mãe se comportará assim com um único motivo: evitar a procriação de um novo bebê no período do resguardo, visto que, se a mulher engravidar; automaticamente o leite materno terá que encerrar a sua produção; e desta forma, como o bebezinho irá ser nutrido?


Depois do resguardo, quando é seguro manter relação sexual?

Após o período de 40 dias, a mulher já está liberada para manter a relação sexual.

Porém algumas mulheres ainda não se sentem totalmente recuperadas para voltar a atividade sexual depois de 60 dias após o parto. Esse processo é muito íntimo de cada casal, isso vai depender da paciência e compreensão dos cônjuges.

16. PELE SECA, você sentirá sua pele principalmente do rosto muito seca. E você perceberá que mesmo usando os cremes de alta hidratação não irá surtir efeito algum. Isso acontece, pois, você está desidratada de dentro para fora, devido à amamentação.

17. CABELO CAINDO, isso acontece devido à queda brusca dos hormônios intensos. Muitas mulheres têm medo de pentear os cabelos...

18. TRISTEZA PROFUNDA POR VOLTA DA DÉCIMO DIA. (Baby Blues) é uma tristeza no pós-parto, que dura cerca de duas semanas. A mãe se sente frágil, emociona-se facilmente, tem alterações de humor, sente falta de confiança em si própria e pode se sentir incapaz de cuidar do bebê e da casa.

19. INSEGURA, será que meu leite está sustentando o bebê, será que meu leite é fraco? Será que a cor do coco do bebê está correta? Meu bebê está perdendo peso, a culpa é minha... O bebê de fulano é mais gordinho e parece ser mais saudável... Bom, é normal todas essas dúvidas, por isso anote e leve ao pediatra, ele saberá lhe orientar.

20. JULGADA, bom, se prepare para os pitacos, principalmente de pessoas mais velhas, dizendo que você está colocando roupa demais, ou colocando roupa de menos, que você está amamentando demais, pegando no colo de mais... e assim vai…

21. LIBERDADE, acabou a liberdade de ir e vir a qualquer hora, agora você tem uma responsabilidade a responder. "Vou tomar um banho agora..." Vou lavar a casa"

22. SOLIDÃO, muitos pediatras defendem que a mãe só poderá sair de casa após seu bebê completar os 6 meses, onde ele já tomou as principais doses de imunização. Com isso a mãe sentirá uma sensação de solidão, pois não pode visitar ninguém e nem receber visitas com tanta frequência como era antes.

23. ENGRAVIDAR NO PÓS PARTO, isso pode sim, acontecer! Então cuide-se! Use preservativo, ou converse com o seu médico um ideal anticoncepcional para você fazer uso. Em caso de gravidez, a mãe deverá interromper a amamentação.

24. LEMBRE-SE DE VOCÊ… cuide da sua auto estima, tome um banho mais demorado, cuide de seus cabelos, passe um hidratante no corpo, passe uma maquiagem leve.

25. MARIDO, SURPREENDA SUA PARCEIRA, ela precisa continuar sendo amparada, cuidada e mimada pelo seu parceiro. Dê-lhe um presente muito especial pela dádiva de ser mãe, para marcar essa fase histórica que vocês estão escrevendo.

Bônus:

26. FOTOS E VÍDEOS: lembre-se de registrar todos esses momentos com fotos e vídeos. Organize em pastas a evolução de cada mês do seu bebê, e daqui alguns anos você se surpreenderá com esses registros.

Posts recentes

Ver tudo